Conversão em Família não-Muçulmana

 

Data da Fatwa:
13/Maio/2002

Data de Resposta:
13/Maio/2002

Tópico da Fatwa:
Conversão ao Islam


Questão da Fatwa:
Sou convertida e tenho 14 anos. O problema é que vivo com minha família e eles não aceitam minha decisão de ser muçulmana. Tenho medo de começar a praticar abertamente o Islam, ter diversos problemas e ser colocada para fora de casa. Seria melhor se eu ainda não fosse muçulmana (em outras palavras, não dizer meu Shahadah ainda), antes de ter minha vida independente e viver sozinha para eu pode praticar corretamente (comida, vestimenta, reza), ou é melhor eu me tornar muçulmana agora, mas não praticar corretamente, pois eu não posso comer comida halal, vestir o Hijab ou Jelbab se eu for forçada a ir para uma escola católica com um certo uniforme, etc?


Nome: Mufti: Dr. Muzammil Siddiqi

Conteúdo da resposta:


Em nome de Deus, o Clemente, o Misericordioso. Todas as nossas orações e graças são para Deus, e que a paz e as bênçãos de Deus estejam sobre seu Mensageiro.

Cara questionadora, muito obrigado por confidenciar conosco e nós esperamos que seus esforços, que são puramente para a recompensa de Allah, atendam suas expectativas. Em sua resposta à questão, o Dr. Muzammil Sidiqqi, presidente da Sociedade Islâmica da América do Norte (ISNA), estabelece: “Talvez Deus lhe abençoe e fortaleça sua fé. Talvez Deus abençoe seus pais para que eles possam ver a luz de fé que agora resplandece de sua alma. Talvez Deus os guie para não serem tão duros com você e a deixem seguir sua fé. De fato, sua situação é bem parecida com a dos primeiros muçulmanos em Makkah. Eles tinham muito trabalho para praticar sua fé. Mas, Inshallah, existe um grande recompensa e benção esperando por você. Disse você que tens 14 anos, e de acordo com a Shari'ah é uma pessoa adulta, mas sob a lei americana, você ainda é menor. Eu não recomendo que deixe sua casa. Você deve ficar com seus pais o máximo possível. Mas desde que você reconheça que Allah é seu Deus e que Muhammad é o Mensageiro de Deus para você, não anule o seu Shahadah. Diga o Shahadah em seu coração. Não diga a seus pais que você é muçulmana, mas pratique o Islam em sua privacidade, do jeito que você pode. Se, devido a sua idade, não pode ainda praticar alguns ensinamentos do Islam, Inshallah, não será nenhum pecado. Referente a isto, Allah, o Onipotente, diz no Qur’an: “Deus não impõe a nenhuma alma uma carga superior às suas forças.” (Al-Baqara:286). Sempre que puder, fale com seus pais sobre a beleza do Islam e sobre seus simples e perfeitos ensinamentos. Entretanto, não discuta com eles nem os deixe aborrecidos. Seja boa e gentil com seus pais e não cometa nada que é ilícito no Islam. Com 18 anos, você pode se declarar muçulmana e estar pronta para se ajustar a situação. Espero que com o tempo seus pais a aceitem. Sugiro que você leia obras de senhoras americanas que passaram por situações semelhantes. O livro é chamado Daughters of Another Path de Carol Anway. Outro bom livro recentemente publicado é The Sun is Rising in the West: New Muslims Tell About Their Journey to Islam por Muzaffar Haleem e Betty Bowman. Finalmente, eu imploro a Deus que te guie e fortaleça sua fé. Amem! Se tiver qualquer comentário, não deixe em perguntar. Allah sabe o melhor!

Tradução: Irmão Maliki