A Excelência do Haj

(Peregrinação e Visita Religiosa)

Hajj trata-se de uma visita à Casa Inviolável em Makkah e em outros locais  para efetuar determinados ritos durante os meses de Shawal, Zhul-Qidah e os dez primeiros dias de Zhul-Hijjah (do calendário Islâmico). Hajj havia sido prescrita no nono mês de Hijrah. É um dever que deve ser cumprido pelo menos uma vez na vida inteira por todo todo Muçulmano, adulto e são que tiver os meios para tal. Allah o altíssimo diz:

Encerra sinais evidentes; lá está a Estância de Abraão, e quem quer que nela se refugie estará em segurança. A peregrinação à Casa é um dever para com Deus, por parte de todos os seres humanos, que estão em condições de empreendê-la; entretanto, quem se negar a isso saiba que Allah pode prescindir de toda a humanidade.” (3:97)

Abu Hureira-radia Allahu anhu- reportou:

O Apóstolo de Allah foi perguntado: ‘Qual é a melhor obra? Ele respondeu, ‘Crer na Unicidade de Allah e nos Seu Profeta. Foi questionado mais; ‘a seguir qual é (a melhor obra)? Ele respondeu: ‘Lutar no caminho de Allah.’ ‘e a seguir qual é?” Foi perguntado; Ele respondeu: ‘Hajj bem feita. (Al-Bukhari, Muslim e outros)

O Apóstolo de Allah disse: “Quem fizer Haj sem violar os seus direitos com atos sexuais ou desobediência, regressará à sua casa livre de pecados/ sem pecados como o dia em que nasceu.’ (Bukhari, Muslim e outros)

Incentivos para efetuar a Hajj

Pese embora o fato de Hajj ser obrigatório à cada Muçulmano capacitado, o Profeta-salla allahu aleyhi wa sallam- incentivava a sua comunidade no sentido de efetuá-la. Ele havia sido perguntando: ‘Qual é a melhor obra?’ Ele respondeu: ‘Crer em Allah e em Seu Apóstolo. Foi perguntado mais: ‘E depois qual é?’ Ele disse: ‘Jihad pela causa de Allah.’ Ele foi perguntado mais: ‘Qual é a seguinte?’ Ele respondeu:’Hajj sem pecados.’ (Al-Bukhari e Muslim)

Ele também havia afirmado: ‘Quem efetuar Hajj durante a qual não cometeu nem raftah (conversas sobre o sexo ou atividades com as senhoras/ mulheres) muito menos comportamento pecaminoso será purificado dos seus pecados como no dia em que nasceu.’ (Al-Bukhari, Muslim, e outros)

Ele disse mais: ‘Não há recompensa para uma Hajj sem pecados a não ser o Paraíso.” (Malik, Al-Bukhari, Muslim, e outros)

Ibn Shimasah disse: “Estivemos presentes nas vésperas da morte do Amr b.al-A’as. Ele chorou imensamente e longamente e disse: ‘Quando Allah introduziu o Islam no meu coração, fui ter com o Profeta–salla allahu aleyhi wa sallam- e disse-lhe: ‘O Apóstolo de Allah! Dê a sua mão (para mim aperta-la) dar-te o meu compromisso de honra e lealdade/fidelidade/obediência’ Quando ele fez isto, eu retirei a minha mão. Ele disse: ‘O que se passa 'Amr?’  Eu respondi-lhe, “ gostaria de colocar uma condição.’ Ele inquiriu, ‘qual é a condição?’ Eu disse-lhe: ‘ser perdoado.’ Ele disse: Tu não sabes, o 'Amr, que entrar no Islam elimina tudo quanto o precedeu, e emigração elimina tudo quanto a precedeu e Hajj elimina tudo quanto a precedeu!’. (Ibn Khuzaimah)

Aisha –raidia Allahu anha- disse ao Profeta: ‘Vemos que Jihad é a melhor das obras. Devemos participar na mesma?’ Ele respondeu: ‘ Mas a melhor Jihad (para as mulheres) é uma Peregrinação destituída de pecados.’ (Al-Bukhari e outros)

Al Talbiyah

Ibn Abbas-radiu allahu anhu- disse: ‘Um homem caiu do seu camelo e morreu. O Apóstolo de Allah-sallah allahu aleyhi wa sallam- disse: ‘Lavem-no com a água e sidr, e cubra-no com os seus dois panos de ihrams (roupa vestido durante a Hajj) mas não cubram a sua cabeça tão pouco perfumá-lo. Ele será ressuscitado pronunciando a Talbiyah ( as palavras de glorificação ditas aquando de hajj) no Dia de Ressureição.’ (Al-Bukhari, Muslim, e Ibn Khuzaimah)

Sahl b. Sa’d reportou que o Profeta-salla allahu aleyhi wa sallam- “quem quer que pronuncie a Talbitah cada pedra, árvore ou casa até ao fim da terra no seu lado direito e esquerdo juntar-se a ele no pronunciamento de Talbiyah.’ (At-Tirmidhi, ibn Majah e Al-Baihaqi)

A Pedra Escura/Preta

Abdullah Ibn Umar disse: “Escutei o Apóstolo de Allah-salla allahu aleyhi wa sallam- dizer: ‘Tocar na Pedra escura e no canto de Yemeni elimina pecados.’(isto durante a circulação de al-Ka’abah apenas)  (Ahmed)

“Al-Ka’abah” a Casa de Allah Sediada na Cidade Santa de Makkah, Arábia Saudita

 As Virtudes da casa de Allah

Al-Awfi-radiu Allahu anhu- relatou que Ibn Abbas –radiu Allahu anhu- comentou o seguinte sobre a afirmação de Allah:

Lembrai-vos que estabelecemos a Casa, para o congresso e local de segurança para a humanidade: Adotai a Estância de Abraão por oratório. E estipulamos a Abraão e a Ismael, dizendo-lhes: "Purificai Minha Casa, para os circundantes (da Caaba), os retraídos, os que genuflectem e se prostram.(2:125)

As pessoas não residem nesta Casa mas apenas visitam-na e depois regressam às suas casas ou lugares de origem e depois tornam a a visitá-la. “Adotai a Estância de Abraão por oratório. (2:126)

Ibrahim o Al-Khalil (Amigo de Allah) foi o líder dos homens

Allah subhanahu wa t’ala está a informar-nos sobre a honra do Ibrahim al-Khalil, a quem Ele fez o dirigente do povo e um modelo a ser seguido em virtude da sua conduta e do fato dele ter aderido ao Tauhid. Esta honra foi conferida ao Profeta Ibrahim quando aderiu/ acatou as decisões e proibições de Allah como se encontra preceituado no seguinte versículo:

E quando o seu Senhor pôs à prova Abraão, com certos mandamentos, que ele observou, disse-lhe: "Designar-te-ei Imam dos homens." (Abraão) perguntou: E também o serão os meus descendentes? Respondeu-lhe: Minha promessa não alcançará os iníquos.” (2:124)

O Ibrahim foi na verdade verídico e obediente para com a legislação de Allah como vem na asserção seguinte:

“Abraão era Imam e monoteísta, consagrado a Allah, e jamais se contou entre os idólatras. Agradecido pelas Suas mercês, pois Allah o elegeu e o encaminhou até à senda reta. E lhe concedemos um galardão neste mundo, e no outro estará entre os virtuosos. E revelamos-te isto, para que adotes o credo de Abraão, o monoteísta, que jamais se contou entre os idólatras.” (16:120-123)

Como forma de recompensa das boas obras feitas por Ibrahim e da sua aderência aos mandamentos e da sua abstenção as proibições de Allah, Allah o designou como imam dos homens e um modelo que deve ser seguido e imitado.

Mohammad Bin Ishaq reportou que Ibn Abbas disse: “as palavras com que Allah testou o Profeta Ibrahim foram:

(1) abandonar o seu povo descrente (incrédulo) quando Allah ordenou-lhe para assim proceder;

(2) disputar com Nimrod (rei de Babilônia acerca de Allah;

(3) ser paciente quando foi deitado no fogo (embora estava  extremamente traumatizado), emigrar do seu pais natal para A Palestina quando Allah lhe ordenou para que assim procedesse;

(4) Ostentar paciência para com as exigências monetárias e materiais dos seus hóspedes por ordem de Allah, e a ordem de Allah para que ele sacrificasse o seu filho. Quando testou Ibrahim com essas palavras (ordens) e ele se mostrou preparado para fazer face a esses maiores testes/provas.

A Promessa de Allah para com O Ibrahim não abragem os injustos

“Designar-te-ei Imam dos homens." (Abraão) perguntou: E também o serão os meus descendentes? Respondeu-lhe: Minha promessa não alcançará os iníquos.” (2:124)

Quando Allah fez Ibrahim o imam (líder dos crentes, fiéis), ele pediu a Allah para que os imams das gerações vindouras fossem escolhidos da sua descendência. Allah aceitou a sua súplica mas disse-lhe que de entre os seus descendentes haverão iníquos por isso não poderão fazer parte da promessa de Allah. Desta forma, eles nem ficarão imams tão poucos serão tidos como modelos a serem seguidos (porque não serão virtuosos).